Cultura como indutor de justiça e participação social

A inclusão e o acesso dos negros em termos econômicos e educacionais ocorrida no Brasil nos últimos anos foram destacados pelo reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, professor José Vicente, em reunião no Ministério da Cultura (MinC) nesta quarta-feira (3). "Produzimos uma revolução, mas a liga que vai permitir que essas duas resultantes (economia e educação) produzam mais justiça e participação social tem que ser o traço cultural", destacou.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) divulgados em maio deste ano, em 11 anos, o percentual da população negra de baixa renda que também registrava privações em outras áreas, como baixa escolaridade ou acesso reduzido a serviços e bens, caiu 86%.

A importância da pauta cultural na luta por maior justiça e participação social do negro foi um dos temas abordados durante a reunião de José Vicente com dirigentes do MinC. Estiveram presentes a presidente da Fundação Cultural Palmares, Cida Abreu, e os secretários de Fomento e Incentivo à Cultura, Carlos Paiva, e de Economia Criativa, Juana Nunes. 

Flink Sampa

Um dos pontos abordados nessa agenda de inserção cultural do negro foi a organização da quarta edição do Festival de Literatura e Cultura Negra em São Paulo, o Flink Sampa. José Vicente pediu apoio financeiro e conceitual ao Minc para o evento, que ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de novembro na capital paulista. Os representantes do Ministério se mostraram sensíveis à proposta e entusiasmados com o Festival. 

Promovido pela Faculdade Zumbi dos Palmares, em parceria com diversos Ministérios e entidades governamentais e não governamentais, o Festival irá agrupar feira literária, debates e concurso literário, com a participação de cerca de 150 mil alunos. O homenageado do ano será o cantor Martinho da Vila.  A ideia é que os 20 textos premiados se transformem em uma obra literária.  Além disso, no encerramento do festival, haverá a entrega do Troféu Raça Negra.

"O Festival é um ambiente em que será debatido o novo protagonismo negro e a contínua necessidade de fortalecer a diversidade étnico-racial como traço da cultura brasileira", afirmou José Vicente. 

A Faculdade da Cidadania Zumbi dos Palmares é a única faculdade brasileira com maioria negra: 90% de seus alunos e 55% de seus professores se autodeclaram negros. Trata-se de uma instituição comunitária, administrada pela ONG Afrobras, que cobra mensalidades com preço menor que o de mercado e oferece muitas bolsas patrocinadas por empresas. O reitor José Vicente – advogado, sociólogo, mestre em administração e doutor em educação - é seu idealizador.

Fonte: Ministério da Cultura

Banda Musical Curica

Rua do Rosário,03 Goiana - Pernambuco - Brasil 81 98705 8480 Edson Silva
81 99418 0262 Edson Silva
81 99257 6440 Edson Silva
81 99638 2302 Márcia Silva
81 99418 0262 Márcia Silva
81 99832 1894 Márcia Silva
81 99269 0519 Cristian Silva (Claro)
81 99555 4117 Cristian Silva (TIM)
cristiansilvagoiana@yahoo.com.br
Criado por Cristian Silva e Everton Luiz